Natural ou artificial: Qual a melhor?

Natural ou artificial: Qual a melhor?

E, novamente, venho eu compartilhar com vocês uma curiosidade que tive e pesquisei. Dessa vez foi a grama ou gramado (mas não é aquela cidade do Rio Grande Sul que ta indo mundo pra la, inclusive essa que vos escreve) sintético.

Eu não sabia que a grama sintética surgiu como uma alternativa à grama natural. No resumo, podemos dizer que é porque a grama artificial é mais prática que a natural. A grama natural não tem grande durabilidade sem uma alta frequência de manutenção, não é prática e demanda esforço. Para completar, ela é frágil.

Já a grama sintética tem uma vida útil elevada, e prática e possui fácil manutenção.

A grama artificial tem sua origem na década de 1960. A Companhia Chemstrand, mais tarde sendo chamada de Companhia Têxtil Monsanto (até melhor de pronunciar) foi a responsável por sua criação. De tal forma, a grama sintética salvou os estádios cobertos que surgiram entre 1960 e 1970.

Lá nos anos 60 (ontonti, como diz o caboco), surgiu uma necessidade de criação de um solo prático e durável, que não precisasse de luz. Era preciso funcionalidade, algo que criasse um atrito para os jogadores, tanto de futebol quanto de beisebol e outros esportes. Além da praticidade de manutenção, as vantagens menores gastos e não desgastar rápido. Na mesma época surgiram as primeiras versões de quadra e estádios cobertos.

E se você pensa que a primeira instalação de grama sintética foi num campo de futebol, tire o cavalinho da chuva (pra ele não gripar) porque não foi, não. Na verdade, verdadeira foi em um estádio de beisebol (será se no Brasil existem times de beisebol?…vou pesquisar e depois eu conto) e futebol… americano, no Texas, em 1965.

Com o sucesso dos campos cobertos, a grama sintética começou a se popularizar. Sua fama aumentou, principalmente, na década de 1970.

Na década de 2000 foram surgindo novos materiais e novos experimentações. Dessa vez de melhor qualidade. Aos poucos, as gramas começaram a ser aprovadas e usadas novamente.

E essa coluna só teve graça para quem joga em grama sintética. Porém, matei minha curiosidade.

Fonte: www.stampagramas.com.br

E como já de praxe, quero lembrar meus queridos leitores que temos nosso espaço para você divulgar seu empreendimento, em uma coluna ao seu gosto, pois cada coluna será um novo texto. Para anunciar bastar entrar em contato com o 86 98122 1866 ou pelas redes sociais (Facebook, Instagram e Twitter) da @bilacavalcante ou pelo e-mail: [email protected] Tô esperando seu contato, para fazermos uma linda coluna.

Bila Cavalcante

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar ao Topo